BBS: Depois de muitos anos, um acesso

Hoje depois de trabalhar o dia todo e uma parte da noite, eu resolvi pesquisar se ainda existia algum BBS online.

O interessante é que sim, existem só que ao invés de usar uma linha telefônica para acessa-los, nós usamos o protocolo telnet.

Nessas horas que eu percebo que estou ficando velho e olha que quando eu entrei naquele mundo dos BBSs já tinham os veteranos, old-school (pra não chamar de mais-velhos-ainda) que habitavam aquele universo.

ANSI Art da ACiD, muito usadas em BBS

ANSI Art da ACiD, muito usadas em BBS

O que é/era BBS

Segundo a nossa amiga Wikipedia:

Um bulletin board system (BBS) é um sistema informático, um software, que permite a ligação (conexão) via telefone a um sistema através do seu computador e interagir com ele, tal como hoje se faz com a internet.

Basicamente o negócio funcionava da seguinte forma:

Meu computador, através de sua placa de modem ligada a uma linha telefônica, ligava para uma outra linha telefônica que estava também ligada a um modem. Este computador recebia a chamada e então estabelecia uma conexão de dados entre os dois computadores.

Existiam BBSs que possuíam vários nodes, ou seja, mais do que uma linha o que tornava aquela BBS uma rede onde todos usuários que estivessem conectados num mesmo horário podiam se quisessem, manter contato online através de ferramentas de chat (tipo os Instant messengers de hoje em dia).

Mas essas eram as BBSs com visão comercial, tipo a Mandic, a Persocom, entre outras. Estas BBSs comerciais cobravam mensalidades dos usuários para que eles tivessem mais tempo disponível para navegarem em seu sistema.

Isso pode parecer estranho hoje, mas naquela época, enquanto um usuário estivesse conectado ao BBS, a linha telefônica ficaria ocupada também, impedindo que outro usuário se conectasse até que o usuário corrente se desconectasse.

Quantas madrugadas eu fiquei acordado colocando meu programa de comunicação (primeiro eu usava o Telix e depois usei o Terminate) no redial e enquanto ele tentava estabelecer uma conexão eu arranjava outra coisa pra fazer... Os melhores BBSs eram concorridos e eu pessoalmente usava mais durante a madrugada por que os pulsos das ligações telefônicas eram mais baratos (e há ainda quem critique as privatizações das telecoms).

Era muito divertido, existiam as redes de mensagem tipo a Fidonet, que permitiam que usuários de um BBS aqui no Brasil por exemplo se comunicassem com pessoas dos EUA, Europa e outros países da América do Sul. Isso numa época pré-internet-comercial era algo fantástico.

Troca de arquivos

As BBSs serviam para além de comunicação, também para o compartilhamento de arquivos. Existiam arquivos de todos os tipos, os mais comuns eram os freewares e os sharewares, mas acho que os campeões de downloads eram os nudes (que na época não eram identificados por este termo) e os arquivos mov que eram uma espécie de gif animado da época, em sua maioria XXX \m/...

Recuerdos, recuerdos...

No final, vários BBSs se converteram em provedores de acesso à internet, a maioria acabou fechando e os heróis continuam online através de telnet para jovens antigos como eu poderem matar a saudade.

Enquanto eu acessava alguns BBSs via telnet, eu capturei a tela do meu computador e depois acrescentei comentários de áudio, se tiver interesse em assisti-lo, eu o publiquei no Youtube.

Go Top
comments powered by Disqus