Salmo 9

O perverso vangloria-se de seus feitos sem saber que o seu sucesso é temporário, pois sempre quem permanece é O Eterno, bendito Seja Ele.Sempre há esperança para quem confia no Eterno pois Ele é A justiça e não se esquece dos que O clamam e buscam sua justiça.

Ao mestre do canto, sobre a morte de Laben, um salmo de David. Louvar-Te-ei, ó Eterno, com todo meu coração; sobre todas as Tuas maravilhas contarei. Alegrar-me-ei e me regozijarei em Ti, e cantarei a Teu Nome, Altíssimo. Ao retrocederem, meus inimigos tropeçarão e se perderão ante Tua Presença.

Pois Tu sustentaste meu direito e minha causa, ao sentar-Te no trono, ó Juiz justo. 
Destruíste povos malévolos e condenaste os ímpios; seus nomes apagaste para todo o sempre. Exterminado foi o inimigo, só ruínas restaram; as cidades destruíste e toda sua lembrança pereceu. Mas o Eterno para sempre está nas alturas; Ele prepara Seu trono para o juízo. Ele julgará o mundo com retidão, sentenciará os povos com eqüidade. 

O Eterno será uma fortaleza para o oprimido, uma fortaleza nos tempos de angústia. E confiarão em Ti todos os que conhecerem o Teu Nome, pois Tu nunca deixaste os que Te procuram, ó Eterno! Cantarei ao Eterno, que habita em Tsión; difundam entre os povos seus feitos. Pois

Aquele que cobra o sangue derramado, deles Se lembrou; Ele não esquece o clamor dos aflitos. 

Concede-me a Tua graça, Eterno; vê minha aflição, causada pelos que me odeiam, Tu que me resgatas dos portais da morte. Para que eu possa exaltar todos os Teus louvores nos portões da filha de Tsión; para que eu possa exultar com a Tua salvação. 

Caíram os povos no fosso que fizeram; na rede que estenderam, seu próprio pé ficou preso. O Eterno tornou-Se conhecido, Ele executou a sentença; através de suas próprias mãos, o perverso foi golpeado. Refleti sobre isso. Os ímpios voltarão ao abismo, assim como todos os povos que do Eterno se olvidam. 

Pois o necessitado não será eternamente esquecido, nem a esperança dos aflitos se perderá para sempre. Levanta-Te, Eterno, para que não prevaleça o malévolo; e sejam por Ti julgados todos os povos. 

Impõe-lhes, Eterno, o temor a Ti, para que reconheçam todos que são apenas falíveis mortais. 

 

Start the Discussion!

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.